Buscar

Franquias: o desafio de empreender que desafia a crise!

Atualizado: Ago 4


O setor de Franquias surpreende com suas taxas de crescimento, mesmo em época de recessão e crise latente. Este é o segmento que parece não dar a mínima para o que os economistas dizem. Porém, para tudo tem limites. Após anos de crescimento, o Brasil vive hoje um cenário conjuntural desfavorável para todos os setores da economia. Com o desemprego em alta e a falta de perspectivas a curto prazo, as pessoas procuram outros meios de subsistência e segurança em seus padrões de vida.


“Entregar conhecimento prático faz com que a segurança nos negócios o torne viável num momento como este.”


franquia é uma alternativa muito atraente, embora não seja a única opção disponível. Lembre-se que empreender é antes de tudo um desafio que requer afinidade e dedicação, e claro, muita disposição para correr riscos. Se você não estiver disposto a dividir primeiro para somar depois, então, sinto muito, mas suas chances de se tornar um empreendedor de sucesso serão bem menores. Para aumentar suas chances, você precisa começar com um sonho e lutar – com ajuda, claro – para torná-lo uma realidade.


Um passo-a-passo de um franqueado de sucesso:


Comece com:


  1. A escolha e a reforma do ponto;

  2. Certidões e alvará de funcionamento;

  3. A compra dos maquinários;

  4. Recrutamento e seleção.


Mas é na operação do negócio que “cai a ficha”, e é neste ponto que começa o pesadelo de todos os empreendedores: negociar com fornecedores, compradores, empregados, suporte ao cliente, sindicatos, obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas, TI, marketing, publicidade e sem esquecer das perdas e inadimplências.


PARA SABER: É ai que entra o grande benefício de se ter uma franquia com franqueadores responsáveis e comprometidos, pois para lidar com tudo isso você contará com todo o know how de operação de um modelo de negócio que já viveu tudo isso e tem toda experiência para lhe ajudar na condução mais apropriada.



Quem pensa em tornar-se um empreendedor precisa apreender a ser uma pessoa multitarefas e aceitar o fim da fila. Os primeiros na escala de prioridades serão sempre: os salários dos trabalhadores, e depois os impostos e fornecedores. Só então o empreendedor poderá fazer jus ao seu pró-labore. A princípio pode parecer árduo, mas acredite: quando a engrenagem estiver perfeita, será algo muito rentável e seguro no ponto de vista econômico.


O risco existe para qualquer empreendedor, isso é fato. Contudo, o índice de insolvência é bem maior em empresas independentes do que em um modelo de negócio testado e aprovado. Portanto, a principal vantagem de se empreender num modelo de franquia, é a transparência. "É como se nós pudéssemos perguntar para o marido da sua futura companheira, que defeitos ela tem”. Para obter o licenciamento e começar a operar com a marca, existe por trás todo um rito de análise das viabilidades econômica e financeira. Seja como for, não existe elemento surpresa. Tudo é feito de caso pensado e por quem já vivenciou.


Mas afinal, franquia é um bom negócio? Se entender que obter ajuda de alguém para caminhar juntos em um negócio de sucesso é uma boa opção, então sim! Deve-se levar em consideração que a curva do aprendizado costuma ser longa, mas certamente é menor para um sistema de franquia. O passageiro não precisa construir sua plataforma para se deslocar de um ponto a outro, ele pode ingressar ao modelo e começar a usufruir da estrutura existente.


“Se quiser ir rápido, vá sozinho, mas se quiser ir longe, vá junto com alguém!”


Gostou deste artigo? Então leia estas 2 matérias. Tenho certeza que lhe ajudarão muito.


Leia também: Cinco motivos para abrir uma franquia da ASONET Ocupacional


Este artigo foi escrito por Mauro Ernesto Junior

19 visualizações

Siga-nos nas redes sociais

  • Facebook Asonet
  • Instagram Asonet
  • Linkedin Asonet

© 2020 Orgulhosamente criado pela Franchising Asonet